Este site utiliza cookies. se continuar a navegar, vamos considerar que aceita a sua utilização. Pode obter mais informações clicando aqui.
 
Notícias e Eventos
CYNOSURE com um crescimento de 39% em 2012: Recorde de receitas foi alcançado no último trimestre
20-02-2013


- Em 2012, as receitas creceram 39% atingindo o valor de 153,5 milhões de dólares.
- Só no quarto trimestre as receitas cresceram 25% atingindo o valor de 42,7 milhões de dólares.
- A Cynosure encerrou o ano com resultados líquidos no valor de 146,7 milhões de dólares.
- A empresa gerou um lucro por ação de 0,27$ no quarto trimestre e de 0,79$ para o ano de 2012.
- A filial da Cynosure em Espanha cresceu 21%, um crescimento superior ao ano anterior e uma subida de 14% no quarto trimestre face ao mesmo período do ano anterior.
- Em 2012 a Cynosure chega a Portugal com a introdução do equipamento Pinpointe. Já em 2013 o mercado português deverá corresponder a 10% do mercado Ibérico.

A Cynosure, Inc. (Nasdaq: CYNO) encerrou o quarto trimestre de 2012 com receitas de 42,7 milhões de dólares, face aos 34,1 milhões do mesmo período de 2011, o que representa um crescimento  de 25%. As receitas do ano de 2012 cresceram 39% atingindo o valor de 153,5 milhões de dólares, comparativamente com os 110,6 milhões de dólares alcançados em 2011.
 
“A nossa aposta nos equipamentos líderes e tecnologicamente inovadores permitiram à Cynosure gerar fortes resultados em 2012”, refere Michael Davin, CEO e presidente da Cynosure. “Acreditamos que estamos bem posicionados para no próximo ano continuarmos a crescer. A procura na América do Norte nos mercados internacionais ajudaram a conseguir alcançar um desempenho recorde para a empresa, tanto no quarto trimestre como nos resultados globais do ano de 2012. Simultaneamente procuramos melhorar a eficiência operacional, o que nos permite aumentar as margens e fortalecer significativamente o resultado final.”
 
Destaques financeiros
O lucro líquido alcançado no quarto trimestre de 2012 ascendeu os 4 milhões de dólares, valor este 3,6 vezes superior (equivalente a um crescimento de 260%) ao alcançado em igual período do ano anterior. O benefício por ação foi de 0,27 dólares comparativamente com os 0,08 dólares por ação alcançado no quarto trimestre de 2011. Este crescimento deve-se fundamentalmente ao aumento das receitas e à melhoria da eficiência operacional. Em 2012, o lucro líquido foi de 11 milhões de dólares (0,79 dólares por ação), em comparação com um prejuízo líquido de 2,9 milhões de dólares em 2011.
 
As receitas dos produtos de laser aumentaram 28% no quarto trimestre de 2012 tendo alcançado um valor de 36,5 milhões de dólares, face aos 28,4 milhões de dólares para o mesmo período de 2011. O ano de 2012 fechou com um crescimento de 45% alcançando o valor de 128,5 milhões de dólares, face aos 88,4 milhões de dólares de 2011. Este crescimento resulta do lançamento nos E.U.A do equipamento de laser minimamente invasivo de combate à celulite - CellulazeTM. A forte procura de outros equipamentos, tais como EliteTM, MedLite® C6 e RevLite e o sistema de laserlipólise Smartlipo® também contribuíram para este sucesso.
 
“Cellulaze, o nosso mais recente produto estrela, continua a ter uma boa aceitação por parte dos cirurgiões plásticos que estão a contactar pela primeira vez com a  Cynosure, assim como por parte  dos médicos que procuram atualizar equipamentos tais como o Smartlipo MPXTM, Smartlipo TriplexTM aos quais é possível adicionar o  Cellulaze”, refere Michael Davin, CEO e presidente da Cynosure. “Comparado com o quarto trimestre de 2011, as receitas dos laser na América do Norte cresceram 44% no trimestre, enquanto as receitas a nível internacional - das subsidiárias europeias e asiáticas e dos canais de distribuição internacional - cresceram 14% no trimestre.”
 
Em Espanha, também o Cellulaze é o produto estrela e representou em 2012 um aumento das vendas de 28% e “temos uma expectativa de crescer mais 10% este ano,” segundo comentou o Diretor Geral da subsidiária ibérica, Juan Antonio López Moreno.  
 
A margem de lucro bruto dos últimos três meses do ano representou um crescimento de 58,1% em comparação com os 56,3% referentes ao mesmo período de 2011. Este resultado é alcançado principalmente por um aumento das vendas dos produtos com margens maiores e por um crescimento das receitas da América do Norte, onde os preços médios de venda tendem a ser superiores. A margem de lucro bruto em 2012 foi de 57,9% comparativamente com os 56,3% em 2011.
 
Por outro lado, o total das despesas operacionais no quarto trimestre de 2012 foi de 20,6 milhões de dólares, equivalente a 48% das receitas, face os 17,8 milhões de dólares ou 52% das receitas, do quarto trimestre de 2011. Em 2012 o total de despesas operacionais foi de 76,8 milhões de dólares o que representa 50% das receitas, em comparação com os 64,3 milhões de dólares, equivalente a 58,2% das receitas, em 2011.
 
“Continuamos a fortalecer o nosso desempenho operacional em resultado de uma combinação entre a oferta de uma carteira de produtos e a gestão de despesas, o que se traduz numa melhoria dos ratios de eficiência” refere Michael Davin, CEO e presidente da Cynosure. “Após a conclusão da nossa oferta pública em Novembro de 2012, concluímos o ano com aproximadamente 147 milhões de dólares em caixa e equivalentes e não temos nenhuma dívida de longo-prazo. Acreditamos que os nossos recursos financeiros nos posicionam bem para o futuro e nos oferecem maior capacidade para considerar oportunidades promissoras que se enquadrem nos critérios da nossa estratégia de crescimento.”
 
A inovação é a chave para a Cynosure observar este crescimento quantitativo e qualitativo de forma exponencial, pelo que é importante destacar a introdução no mercado português do PinPointe e a procura no país vizinho de tecnologia laser de qualidade. De acordo com López, "Portugal será em 2013 razão de muitas satisfações já que, atualmente representa 10% da base total instalada na península e estou certo que este número aumentará significativamente."
 
Perspectivas de Negócio
“Fechamos o ano de 2012 com sucesso alcançando rentabilidade e record de receitas pelo quinto trimestre consecutivo. Resultados alcançados no último trimestre como nos valores globais do ano,” refere Michael Davin, CEO e presidente da Cynosure. “Acreditamos que entraremos em 2013 prontos para mais um ano de crescimento rentável. Estamos entusiasmados com o lançamento do nosso mais recente equipamento, PicoSure, para a remoção de tatuagens e lesões benignas pigmentadas, o qual recebeu a aprovação da Food and Drugs Administration (FDA) em Dezembro passado. Depois de quase uma década de pesquisa e desenvolvimento, este equipamento dá-nos a vantagem de sermos os primeiros num mercado vasto e inexplorado. Para além disso, esperamos que o primeiro aparelho de uso doméstico da Cynosure, desenvolvido em parceria com a Unilever, para o tratamento de rugas do rosto entre no mercado ainda em 2013.”

Voltar à página anterior